Alguns alimentos que fazem parte da nossa dieta não podem ser consumidos por gatos. Mesmo que alguns sabores agradem o bichano, os alimentos indicados a seguir devem ser incluídos em uma lista de alimentos proibidos para o seu pet!

Cebola, alho, alho-poró e cebolinha

Estes alimentos contêm compostos de enxofre orgânico que causam danos oxidativos aos glóbulos vermelhos dos felinos, podendo levar a uma anemia.

Uma quantidade mínima de 2,3 gramas de cebola por quilo do peso corporal já pode adoecer o gato, geralmente dentro de alguns dias após o consumo.

Vale lembrar que estes ingredientes estão presentes na composição de muitos produtos industrializado, como, por exemplo, em alimentos para bebês. Portanto, nada de oferecer papinha de neném para o bichano.

Os sintomas do envenenamento por consumo destes alimentos incluem depressão, pele e mucosas com aspecto amarelado, escurecimento da urina, fraqueza, alterações na respiração e sensibilidade ao frio. Também podem ocorrer a perda de apetite, dores abdominais e diarreia.

Chocolate

Um dos alimentos mais desejados por nós é especialmente nocivo à saúde do gato. O chocolate contém em sua composição substâncias denominadas metilxantinas (como cafeína e teobromina), prejudiciais à saúde do gato.

Ao contrário do que é recomendado para seres humanos, quanto mais escuro o chocolate, mais mal ele fará para a saúde do gato. Então, chocolate amargo, meio amargo, chocolate de confeiteiro e afins devem ficar bem longe do seu gato.

A inofensiva barrinha de chocolate pode ser extremamente perigosa para os gatos. Doses pequenas podem causar vômitos, diarreia e excitabilidade. Em grande quantidade, podem resultar em disfunção do sistema nervoso, convulsões, arritmia cardíaca e até mesmo levar a óbito.

Portanto, você pode continuar se deliciando com seu chocolate, mas nada de tentar mimar o seu gato com este alimento.

Uvas e passas

As causas ainda não são compreendidas, mas o gato que come uvas e passas pode sofrer com insuficiência renal, mesmo quando as consome em pequenas quantidades.

Vômito, diarreia, letargia e aumento da micção são os primeiros sintomas a se desenvolverem após o consumo. Mesmo que aparentemente o seu gato não se sinta mal comendo uvas e passas, mantenha-os fora de alcance!

Confira uma lista de plantas que são tóxicas para gatos.

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades por e-mail