saúde

Carrapatos e pulgas no verão

Publicado por Gateiro, 13/01/2017

gato-pulga-1

Verão, muito calor e… o risco de uma infestação de pulgas e carrapatos. De acordo com a veterinária da Virbac, Larissa Benetolo, “isso acontece porque pulgas e carrapatos precisam de calor e umidade para se reproduzir. Sendo assim, os meses entre dezembro e março são mais favoráveis a infestações”. A veterinária também destaca que pets criados dentro de casa não estão livres do problema, então os tutores devem ficar atentos às possíveis doenças que podem ser causadas pela picada de parasitas. Confira mais alguns esclarecimentos da veterinária sobre este problema:

Como cães e gatos pegam pulgas e carrapatos?

Há formas diferentes de causar infestações. O contato com outros animais é uma das mais comuns. Alguns cães pegam parasitas durante passeios por ruas e parques, além de visitas ao pet shop.

Cães e gatos que são criados dentro de casa têm chances de contato com pulgas e carrapatos?

Sim. É importante saber que quando falamos de infestação por pulgas, apenas 5% delas estão na fase adulta quando “pegam” o animal. Os outros 95% encontram-se no ambiente, em forma de ovos, larvas e pupas. Os tutores de cães e gatos levam essas pulgas para dentro de casa em seus calçados ou mesmo através do contato com outros animais infestados. Por isso, mesmo animais que raramente saem de casa devem usar produtos preventivos para pulgas e carrapatos.

O que as pulgas e carrapatos causam nos pets?

Além da coceira – que pode ser causada pela alergia a picada ou pela presença de parasitas – as pulgas são responsáveis por transmitirem o Dipilidium canis (um tipo de parasita intestinal). A puliciose (alta infestação por pulgas) pode causar anemia principalmente em filhotes e em animais debilitados.

Os carrapatos podem matar?

Sim. O carrapato é transmissor de doenças causadas por protozoários (Babesiose) e por bactérias (Erliquiose). A Babesiose infecta e destrói glóbulos vermelhos e a Erliquiose destrói glóbulos brancos. São doenças de ocorrência mundial e podem levar os animais a desenvolverem manifestações clínicas variáveis que, se não diagnosticadas e tratadas no início, levam o animal a óbito.

Mais saúde

dedeira-escovacao-gato-2 Dedeira para apoio na limpeza dos dentes Publicado por Gateiro, 15/02/2019

Gatos podem apresentar gengivite e outras doenças periodontais ao longo do seu desenvolvimento. Pets idosos já sofrem com o problema com muito mais frequência. Como escovar os dentes do gato, mesmo com uma escova desenvolvida especialmente para pets, eu trago mais uma opção – a dedeira! Usada para a limpeza da gengiva e dentes de […]

gato-comprimido-babao-2 Gato babão depois de tomar remédio Publicado por Gateiro, 08/01/2019

Eu acredito que muitos gateiros já viram seus gatos babarem bastante ao receberem uma medicação líquida. Acontece, assusta, é normal, mas o tratamento em questão fica comprometido. Como o sabor dos remédios geralmente é bem amargo, os bichanos tratam de salivar com vontade para eliminar o gosto. Alguns babam mais, outros menos, mas a reação […]

gato-picole-3 Bola de gelo para refrescar Publicado por Gateiro, 18/12/2018

Com o verão batendo na porta, uma foto antiga sempre reaparece nas redes sociais: O gato e o seu picolé de ração úmida! A ideia é aprovada por veterinários, mas trate de deixar o picolé alguns minutos fora da geladeira antes de servir para o bichano, para derreter um pouco, pois isso evitará que a […]

gatos-cuidado-racao-1 Um gato vomitou e o outro quer comer! Publicado por Gateiro, 10/01/2018

É isso mesmo que você leu! Quem tem mais de um gato em casa, pode ter presenciado tal situação. Gatos não são como filhotes de passarinho, que podem comer o alimento já mastigado pela mãe. Veterinários não recomendam permitir o consumo de um alimento vomitado, pois assim as condições do organismo de um bichano não vão se estabelecer […]

clientes-1 doacoes-1

Gateiro no seu e-mail

Digite seu e-mail para receber as postagens do blog

Mais sobre

Arquivos

facebook

portal-medicina-felina-1