Quem nunca conviveu com gatos mas tem essa vontade, frequentemente se pergunta: “Como vou o ensinar a usar uma caixa sanitária?”

Não, precisa! Ele fará isso sozinho!

Adulto ou filhote, sozinho ou acompanhado, o bichano vai procurar a caixa naturalmente, pois é parte do seu instinto só fazer xixi e cocô onde ele possa os enterrar. Há estudos que indicam que isso está associado à manutenção de um comportamento selvagem, que visa esconder os vestígios de sua presença para não atrair nenhum predador. O gatinho é domesticado, já domina o seu território, mas é precavido e discreto, pois ainda mantém tal comportamento selvagem.

Agora é importante indicar que alguns gatos dominantes usam a caixa mas não enterram nada, pois preferem tentar mostrar para outros animais que estão ali e no comando.

Acidentes podem acontecer, o gato pode errar o lugar do xixi especialmente, mas isso pode estar relacionado à limpeza da caixa – ela precisa ser limpa regularmente. Caso o imprevisto aconteça, após a limpeza, ocupe o local com vasos de cerâmica, arranhadores ou caixas. Em pouco tempo você poderá os retirar sem se preocupar!

Bichanos não castratados também usam a urina para atrair ou repelir outros gatos. Assim eles marcaram o território em qualquer lugar.

Outro detalhe para observar é o número de caixas disponíveis. O ideal é ter 1 caixa a mais do que a quantidade de gatos. Assim, os gatos que não dominam o pedaço terão a sua caixa garantida.

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades por e-mail