nutrição

Dúvidas sobre rações especiais

Publicado por Gateiro, 02/06/2017

gato-racao-especial-1

Confira algumas dúvidas que tirei com a Dra. Keila Regina de Godoy, médica veterinária da PremieR pet!

Quais são as diferenças entre as rações especiais, como a ração voltada para o controle renal, e uma ração comum?

A composição desses alimentos possui um balanceamento muito diferente das rações comuns, pois diferente do alimento que é voltado para gatos saudáveis, elas são formuladas levando em conta todas as alterações que estão ocorrendo em virtude da enfermidade que afeta o pet. São chamadas de alimentos coadjuvantes justamente porque complementam o tratamento médico e auxiliam para uma melhoria da qualidade de vida.

Elas têm eficácia comprovada?

Os alimentos coadjuvantes são produzidos com total embasamento científico e passam por avaliações laboratoriais e testes clínicos para assegurar sua alta qualidade e eficácia.

Uma ração produzida para a melhoria do trato urinário alcança qual objetivo?

Ela é voltada para o combate aos cálculos (pedras). Mas vale entender que todo alimento de alta qualidade contempla cuidados preventivos para uma boa saúde do trato urinário. Porém, quando o gato já está com o cálculo em seu trato urinário, ele realmente pode necessitar de um alimento coadjuvante ao tratamento para auxiliar na dissolução do cálculo. Infelizmente, apenas um tipo de cálculo urinário pode ser dissolvido com a ajuda de uma dieta específica, o que torna imprescindível o diagnóstico pelo médico veterinário e somente ele pode indicar um alimento deste tipo.

Ela é semelhante à ração voltada para o controle renal?

Não, os alimentos urinário e renal são alimentos completamente diferentes. O urinário é voltado à dissolução dos cálculos urinários de estruvita (fosfato de amônio magnesiano), os quais comumente encontram-se localizados na bexiga. O uso deste alimento é pelo tempo suficiente para a dissolução do cálculo. Já o alimento renal é indicado para animais com Doença Renal Crônica, uma doença que acomete os rins e afeta sua capacidade de filtrar o sangue, doença progressiva e irreversível. Neste caso, a dieta auxiliará diminuindo a velocidade de progressão da doença e auxiliando no controle dos sintomas, proporcionando assim melhor qualidade de vida ao paciente. Por ser uma doença crônica e irreversível, o alimento renal é indicado pelo resto da vida.

Post exclusivo para o Gateiro assinado pela:

Confira o site, a fan page e o perfil da marca no Twitter.

Mais nutrição

gato-nutricao-prevencao-2 Alimentos para humanos que podem fazer mal à saúde do seu gato Publicado por Gateiro, 07/12/2017

Alguns alimentos que fazem parte da nossa dieta não podem ser consumidos por gatos. Mesmo que alguns sabores agradem o bichano, os alimentos indicados a seguir devem ser incluídos em uma lista de alimentos proibidos para o seu pet! Cebola, alho, alho-poró e cebolinha Estes alimentos contêm compostos de enxofre orgânico que causam danos oxidativos aos glóbulos […]

gato-comida-2 Alimentação para gatos: ração seca e algo mais Publicado por Gateiro, 07/04/2017

Caso eu queria alimentar meu gato com algo além da ração seca, mas não queria oferecer uma ração semi ou totalmente úmida, o que devo considerar como boa opção? Uma ração seca de alta qualidade (super premium) é completa e balanceada, não necessitando de complementação. Porém, é comum que os tutores queiram oferecer algo extra […]

gato-escovacao-2 Ração semiúmida X saúde bucal Publicado por Gateiro, 27/03/2017

A Dra. Keila Regina de Godoy, médica veterinária da PremieR pet, ajudou-me respondendo uma pergunta sobre a saúde bucal dos gatos. Confira: As rações semiúmidas (sachês) geram mais problemas de dente e gengiva nos gatos? Por que isso acontece? Os alimentos totalmente ou semiúmidos não causam o mesmo atrito com os dentes durante a mastigação que […]

gato-racao-gateiro-2 Qual é o erro mais cometido na hora de alimentar o gato? Publicado por Gateiro, 16/02/2017

Dúvida na hora de alimentar o gato! A gente esclarece aqui. Qual é o erro mais comum que o gateiro comete na hora de alimentar o gato? Economia, armazenamento ou quantidade ofertada? Como a situação deve ser tratada? Confira resposta da Dra. Keila Regina de Godoy, médica veterinária da PremieR pet: Os tutores de gatos geralmente […]

clientes-1 doacoes-1

Gateiro no seu e-mail

Digite seu e-mail para receber as postagens do blog

Mais sobre

Arquivos

facebook

Instagram

portal-medicina-felina-1