saúde

Florais para pets

Publicado por Gateiro, 05/09/2016

gato-floral-gateiro-1

Muitos leitores têm dúvidas sobre o uso de medicamentos alternativos para o tratamento e melhoria comportamental de gatos.

Já falei sobre o uso de feromônios sintéticos e sua eficácia. Agora é hora de falar sobre florais, um tipo de medicamento alternativo que muitos tutores já conhecem, usam e aprovam para o seu próprio tratamento.

Conversei sobre o assunto com a Thatiana Leiva Micheloni, gateira de São Paulo que tem diversas iniciativas para o universo felino. Uma delas é a Luz Florais Homeopáticos. Confira:

Como um floral age? Como ele deve ser aplicado?

Os florais trabalham com o equilíbrio das emoções e dos comportamentos mentais. Estimulam sentimentos como amor, alegria, coragem e paz, despertando o potencial de autocura e melhorando a energia física, mental e emocional dos animais.

Um floral precisa ser altamente concentrado. Assim, o efeito é alcançado em um menor espaço de tempo. O medicamento pode ser aplicado por via oral e também existe um spray para ser usado em todo o ambiente.

Sempre indico o uso dos dois produtos para um tratamento completo.

Como um floral é produzido?

Para o preparo de uma essência floral, as flores devem ser expostas à luz do sol por um determinado intervalo de tempo. Combinamos o uso de até 10 flores em um único frasco, que deverá ter a cor âmbar. Cada flor trabalhará um ponto do desequilíbrio do pet. O floral precisa ser personalizado para cada pet, pois cada caso é um caso.

Quando o seu uso é indicado?

Quando há desequilíbrio emocional – agressividade, medo, carência, stress, traumas, ansiedade, lambedura excessiva, dificuldades de adaptação etc. Seu impacto final é resultado da interação bioquímica no corpo do animal. O floral atua nos diversos campos de energia que circundam o ser vivo, atingindo os vários níveis de consciência, influenciando o bem estar mental, emocional e físico. Ele pode ser usado como terapia complementar a outros tratamentos e não substituí o tratamento médico veterinário.

Há alguma restrição no seu uso?

Caso o floral não tenha componentes químicos e conservantes (o correto é não contar com essas substâncias), não há restrição. Sendo assim, o uso dos florais é liberado para fêmeas gestantes, animais em tratamento crônico e até mesmo em animais em estado terminal.

Como é possível adquirir o seu floral?

Meu e-mail é thatianaleiva@uol.com.br. Antes de produzir o floral, é necessário realizar um boa conversa para que o comportamento do animal seja totalmente analisado.

Mais saúde

dedeira-escovacao-gato-2 Dedeira para apoio na limpeza dos dentes Publicado por Gateiro, 15/02/2019

Gatos podem apresentar gengivite e outras doenças periodontais ao longo do seu desenvolvimento. Pets idosos já sofrem com o problema com muito mais frequência. Como escovar os dentes do gato, mesmo com uma escova desenvolvida especialmente para pets, eu trago mais uma opção – a dedeira! Usada para a limpeza da gengiva e dentes de […]

gato-comprimido-babao-2 Gato babão depois de tomar remédio Publicado por Gateiro, 08/01/2019

Eu acredito que muitos gateiros já viram seus gatos babarem bastante ao receberem uma medicação líquida. Acontece, assusta, é normal, mas o tratamento em questão fica comprometido. Como o sabor dos remédios geralmente é bem amargo, os bichanos tratam de salivar com vontade para eliminar o gosto. Alguns babam mais, outros menos, mas a reação […]

gato-picole-3 Bola de gelo para refrescar Publicado por Gateiro, 18/12/2018

Com o verão batendo na porta, uma foto antiga sempre reaparece nas redes sociais: O gato e o seu picolé de ração úmida! A ideia é aprovada por veterinários, mas trate de deixar o picolé alguns minutos fora da geladeira antes de servir para o bichano, para derreter um pouco, pois isso evitará que a […]

gatos-cuidado-racao-1 Um gato vomitou e o outro quer comer! Publicado por Gateiro, 10/01/2018

É isso mesmo que você leu! Quem tem mais de um gato em casa, pode ter presenciado tal situação. Gatos não são como filhotes de passarinho, que podem comer o alimento já mastigado pela mãe. Veterinários não recomendam permitir o consumo de um alimento vomitado, pois assim as condições do organismo de um bichano não vão se estabelecer […]

clientes-1 doacoes-1

Gateiro no seu e-mail

Digite seu e-mail para receber as postagens do blog

Mais sobre

Arquivos

facebook

portal-medicina-felina-1