A resposta é sim para a maioria dos casos! A Dra. Laila Massad Ribas, veterinária e autora do Portal Medicina Felina, foi quem me confirmou o que os rótulos das embalagens de petiscos afirmam.

Esses alimentos têm o objetivo de limpar o organismo do bichano, que a partir da lambedura realizada pelo gato em sua pelagem, tende a ficar cheio de pelos que formam verdadeiras bolas. Com o consumo do petisco, o gato expele esse acúmulo nas fezes.

Porém, meus gatos por exemplo, não comem petiscos de jeito nenhum. Eles aceitam somente a ração seca e a versão úmida. E a Dra. Laila também me disse que mesmo misturando os petiscos no meio da ração seca, os meus gatos tendem a rejeitar esses alimentos. Alguns felinos têm suas restrições alimentares e comportamentais bem delineadas.

Nesses casos, o melhor a se fazer é escovar o gato cotidianamente. E banhos também podem ser dados a cada 3 meses. Isso tudo também evitará o acúmulo de bolas de pelos no organismo do pet. Ah! E uma graminha também faz o gato vomitar essas bolas.

Gatos de pelo longo, mesmo comendo petiscos, devem ser escovados rigorosamente. Afinal, é cabelo que não acaba mais!

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades por e-mail