O Scrappy é um gato diferente, pois ele tem vitiligo. A doença, que é presente na vida de uma expressiva parcela de nossa sociedade, é rara em felinos. Mas o Scrappy foi pego por ela.

O felino nasceu junto com outros 5 gatos, que não tiveram vitiligo. No começo da vida, ele era totalmente preto. Hoje o Scrappy já tem manchas brancas por toda a pelagem e pele:

gato-vitiligo-2

O Scrappy é bem velhinho, ele tem 17 anos. Suas manchas começaram a aparecer quando ele tinha 7 anos. O bichano é saudável, feliz e isso nos mostra uma coisa – o Scrappy está com uma idade que muitos gatos não conseguem chegar perto. A sua doença não influencia na sua saúde e alegria! Então porque a gente vive observando as doenças dos outros (pets e humanos) com olhar de piedade? Em muitos casos, a doença não torna o próximo pior do que ninguém.

gato-vitiligo-5

Além disso, é justamente a camuflagem do pelo do Scrappy que o torna especial. A vida, necessariamente, não é formada de repetições, padrões e modelos estéticos. As coisas da vida nascem e amadurecem de acordo com as marcas que o dia a dia estabelece.

gato-vitiligo-4

Quem corre atrás de um modelo de beleza somos nós. E essa corrida nunca terá uma linha de chegada. É um caminho sem fim e muito chato, pois não busca o que nos torna especiais. Ela não busca as diferenças.

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades por e-mail