saúde

Tira-dúvida: tédio e depressão

Publicado por Gateiro, 06/04/2015

gato-depressao-1

A Dra. Laila Massad Ribas, veterinária e autora do Portal Medicina Felina, responde a seguir mais uma dúvida frequente de muitos leitores.

Vários gateiros se preocupam com uma provável falta de animação de seus gatos. Há algum sinal marcante que ajude a identificar esse quadro de tédio? E o tédio pode evoluir para uma depressão? Como a identificar e tratar?

Dormir muito é o principal sinal de tédio nos gatos. Assim, é bastante difícil identificar esses quadros de tédio, pois gatos podem dormir, naturalmente, até 18 horas por dia nos casos mais extremos. A falta de interesse em brincadeiras é outro sinal de alerta.

O tédio pode evoluir para a depressão, sendo ainda mais difícil diferenciar essas duas situações. Geralmente, o quadro de depressão ocorre após a perda de um gato companheiro ou com a introdução de um novo gato em casa. Note que, nas duas situações, temos mudanças bruscas na vida do gato.

Não devemos confundir um quadro de depressão com outros problemas de saúde, especialmente as dores articulares nos gatos idosos, pois os sintomas são muito parecidos. Nesses casos os gatos evitam escalar móveis mais altos e não realizam outras atividades que poderiam esboçar uma certa animação. Esses animais sentem dor quando praticam atividades que envolvem esforço físico.

Tratar o tédio ou a depressão depende de uma significativa melhora no ambiente. Em primeiro lugar, um bom enriquecimento ambiental, com a inserção em casa de prateleiras, tocas, arranhadores e brinquedos convida o gato para a diversão. Caso o gato goste, massagens e escovações de pelos inibem o tédio e a depressão. Em último caso, existem tratamentos com medicações, mas essas são mais indicadas para gatos que apresentam sintomas de estresse, como a agressividade ou autotraumatismo (lambedura excessiva).

Mais saúde

dedeira-escovacao-gato-2 Dedeira para apoio na limpeza dos dentes Publicado por Gateiro, 15/02/2019

Gatos podem apresentar gengivite e outras doenças periodontais ao longo do seu desenvolvimento. Pets idosos já sofrem com o problema com muito mais frequência. Como escovar os dentes do gato, mesmo com uma escova desenvolvida especialmente para pets, eu trago mais uma opção – a dedeira! Usada para a limpeza da gengiva e dentes de […]

gato-comprimido-babao-2 Gato babão depois de tomar remédio Publicado por Gateiro, 08/01/2019

Eu acredito que muitos gateiros já viram seus gatos babarem bastante ao receberem uma medicação líquida. Acontece, assusta, é normal, mas o tratamento em questão fica comprometido. Como o sabor dos remédios geralmente é bem amargo, os bichanos tratam de salivar com vontade para eliminar o gosto. Alguns babam mais, outros menos, mas a reação […]

gato-picole-3 Bola de gelo para refrescar Publicado por Gateiro, 18/12/2018

Com o verão batendo na porta, uma foto antiga sempre reaparece nas redes sociais: O gato e o seu picolé de ração úmida! A ideia é aprovada por veterinários, mas trate de deixar o picolé alguns minutos fora da geladeira antes de servir para o bichano, para derreter um pouco, pois isso evitará que a […]

gatos-cuidado-racao-1 Um gato vomitou e o outro quer comer! Publicado por Gateiro, 10/01/2018

É isso mesmo que você leu! Quem tem mais de um gato em casa, pode ter presenciado tal situação. Gatos não são como filhotes de passarinho, que podem comer o alimento já mastigado pela mãe. Veterinários não recomendam permitir o consumo de um alimento vomitado, pois assim as condições do organismo de um bichano não vão se estabelecer […]

clientes-1 doacoes-1

Gateiro no seu e-mail

Digite seu e-mail para receber as postagens do blog

Mais sobre

Arquivos

facebook

portal-medicina-felina-1