O gato Vincent, de Ohio, nos Estados Unidos, nasceu sem as patas traseiras. Com fé e tecnologia, ele já conta com próteses.

As próteses ainda estão sendo aperfeiçoadas, mas tudo corre muito bem.Veja você mesmo:

O esforço da cirurgiã ortopédica e da tutora do gato tem sido fundamental para o sucesso de todo o procedimento. Ele não tem infecções, mesmo com o risco, e cada passo é uma vitória.

O processo de adaptação do gato é muito complexo, pois as próteses são aderidas à pele e a atravessam. Por dentro do corpo, elas são conectadas ao fêmur.

O caso do Vincent vai inspirar o tratamento de muitos outros animais que precisam de reabilitação, seja por situações de violência ou por problemas naturais de saúde.

A força de vontade de humanos pode mudar a natureza positivamente!

Já viu estas histórias de superação?

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades por e-mail